quinta-feira, 26 de julho de 2012

Homens com H grande ...

Olá, eu vi este texto no blog do Filipe Ssntos, eu pedi-lhe permição para o tirar e ele deu-ma. Devem dar uma olhadinha porque vale mesmo a pena, a sério. Eu fiquei pasmada com mais um texto dele `` Do You Feel Me?`` é a prespetima dele e dá que pensar, gostei mesmo do blog dele simplesmente é fantástico.

"Três homens, vítimas mortais do massacre num cinema em Denver, no Colorado, EUA, morreram a proteger as namoradas. Deram o corpo às balas e as três mulheres sobreviveram.
Jon Blunk, Matt McQuinn e Alex Teves estão entre as 12 vítimas mortais do tiroteio ocorrido num complexo de cinemas em Denver, no estado do Colorado, durante a estreia do último filme da saga Batman. Em comum têm também o facto de terem morrido enquanto protegiam as namoradas das balas com o próprio corpo.
Três das vítimas do tiroteio em Denver morreram a salvar as namoradas. Segundo o tablóide nova-iorquino Daily News, Jasen Young, uma das sobreviventes, encontrava-se no cinema com Jon Blunk, para celebrar a formatura.
Quando o autor do tiroteio entrou na sala e começou a disparar, Blunk empurrou a namorada para debaixo do assento. Depois o jovem de 25 anos cobriu a namorada com o próprio corpo.
A jovem contou à mãe que sentia o namorado a agarrá-la firmemente, e recordou ter ouvido uma mulher a gritar que tinha sido atingida, assim como o som de tiros e o cheiro de pólvora.
A determinada altura Blunk já não exercia tanta pressão sobre Young, e ela apercebeu-se que o namorado tinha sido atingido e que não se mexia.
Young, de 21 anos, escapou com feridas resultantes de estilhaços. "Ele é um herói, e nunca vai ser esquecido. O Jon levou uma bala por mim", disse a jovem. "Ela está viva por causa disto, porque ele a protegeu", acrescentou a mãe, Shellie Young.
Três das vítimas do tiroteio em Denver morreram a salvar as namoradas. Também Alex Teves fez o mesmo pela namorada, Amanda Lindgren. Assim que o tiroteio começou, o jovem de 24 anos lançou Lindgren para o chão.

Matt McQuinn foi um dos jovens que morreu enquanto protegia a namorada. "Ele empurrou-a para o chão para a salvar, e acabou por ser atingido por uma bala. Ele ia lançar-se para o chão também, mas não conseguiu" contou a tia do jovem, Barbara Slivinske.
Uma das sobreviventes, Samantha Yowler, foi protegida não só pelo namorado, mas também pelo irmão. Matt McQuinn, de 27 anos, à semelhança de Blunk e Teves, usou o corpo como escudo para salvar a namorada.
O irmão da jovem, Nick Yowler, fez o mesmo. A jovem de 26 anos foi atingida no joelho, e o irmão não sofreu nenhum ferimento.""

Vi esta notícia no Jornal de Noticias (Jn ) e fiquei de boca aberta a olhar para o que aqui está escrito, já vi isto, imensas vezes em filmes/novelas/séries e eu próprio já tive algumas atitudes protectoras para com a rapariga que gostava, mas nunca vi nada assim, nunca vi tanta coragem, tanta dedicação e tanto amor num só momento, fiquei pasmado ao ler esta noticia e sinceramente sentia-me capaz de fazer o mesmo pela pessoa que amo! O que estes 3 jovens fizeram, é de louvar, isto sim, chama-se amor, isto sim, é importância, isto sim, é dar a vida pela pessoa que se ama! ISTO SIM, SÃO HOMENS COM H GRANDE!

3 comentários:

Rita disse...

Existem poucos homens assim, mas eles existem

Rita disse...

Esse é o problema de muita gente , só se preocuparem com quem as quer magoar.

Pipo Santos disse...

Muito obrigado, também gosto imenso do teu blog!